segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Gangorra


Eu namoro a noite,
Você apaga a lua;

Eu perfumo o lençol,
Você dorme na rua;

Eu aprumo a estrela,
Você a entorta;

Eu colho a maçã,
Você trás a largata;

Eu rego o ipê,
Você parte o galho;

Eu tempero com sal,
Você talha o molho;

Eu lavo o cristal,
Você trinca a ponta;

Eu adoço com mel,
Você passa da conta;

Eu beijo na boca,
Você faz de conta;

Flora Figueiredo

Peguei essa poesia do livro Chão de Vento que ganhei da minha escola, e por falar, contem muitas poesias boas da autora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário